segunda-feira, 3 de novembro de 2008

[hoje abrirei uma janela]

hoje abrirei uma janela
um pouco a medo

a luz extrema poderá
entrar

e cegar
as palavras

todas as palavras

que o sonho
e a vontade geraram

1 comentário:

Luis F disse...

E eu abri o teu blogue e li as tuas palavras.

Um abraço
Luis