quinta-feira, 30 de outubro de 2008

[habita o teu corpo]

habita o teu corpo
que este será o teu casulo
para que a crisálida
que és
seja águia
desejo de voo rasante
por sobre as águas do teu nome

1 comentário:

Luis F disse...

Mais um belo momento...

Sabe sempre bem navegar aqui

Um abraço
Luis