domingo, 8 de fevereiro de 2009

[acordo o murmúrio]

acordo o murmúrio
acendendo na memória
o distante cigarro do silêncio

pela noite dentro
um homem se despenha
um vulto se desenha

talvez a face resista
à pressão do tempo

à mão do escultor
que cria a máscara
na cabeça da criança

2 comentários:

Luis F disse...

Mais um belo poema.. um murmúrio que embala quem o lê.

Os meus parabéns

Com amizade
Luis

Blogger disse...

VistaVapors is the #1 electronic cigarettes supplier out there.